Gilberto Freire : “Roger Bastide, francês abrasileirado”

Pode-se destacar de Roger Bastide que nele se afirmou de modo
notável esta tendência até há pouco tempo pouco francesa: a do socicílogo francês apoiar-se no estudo de recorrências não-francesas para desenvolver critérios e generalizações sociológicas, confrontando-as com exemplos franceses. A tradição deixada pelos Comte e pelos Tarde e pelo próprio Le Play era outra. Outra a tradição deixada pelo sociólogo mais especificamente sociológico que foi Durkheim. Leia mais

Anúncios