Entrevistas Tiê: showlivre.com

“Minha mãe me deu nome de passarinho”, revela Tiê no Estúdio Showlivre

“Me emociono ao cantar algumas músicas”, diz Tiê no Estúdio Showlivre

Tiê responde a mais perguntas dos internautas no Estúdio Showlivre

Tiê no Estúdio Showlivre: Los Porongas na dica do editor-chefe

Tiê interpreta “Assinado eu” no Estúdio Showlivre

Tiê interpreta “Dois” no Estúdio Showlivre

Tiê interpreta “Chá verde” no Estúdio Showlivre

Tiê em “Strange but mine” no Estúdio Showlivre

Tiê toca “Sweet Jardim” no Estúdio Showlivre


Tiê em “A bailarina e o astronauta” no Estúdio Showlivre

Tiê canta “Aula de francês” no Estúdio Showlivre

Anúncios

De perto e de longe : entrevista com Lévi-Strauss

Entrevista que Claude Lévi-Strauss, notoriamente discreto, concedeu em 1988 a Didier Eribon, filósofo francês.

No segundo capítulo, ele destaca as viagens a São Paulo e ao interior do Brasil, sublinhando a convivência com os outros professores da missão francesa.

Leia aqui (desculpe a má qualidade do scan)

Lévi-Strauss no Brasil : a formação do etnólogo

O artigo procura acompanhar o período brasileiro de Claude Lévi-Strauss (1935-1938), rastreando suas publicações, aulas e pesquisas no momento em que era professor de sociologia na Universidade de São Paulo, com o objetivo de compreender o lugar ocupado pelo Brasil na sua trajetória. O interesse é mostrar que apesar de breve, e de modo geral silenciada, a etapa brasileira do autor foi fundamental para os desdobramentos de sua futura carreira como etnólogo e americanista. O texto procura também avaliar o significado da vinda de Lévi-Strauss para o Brasil no contexto francês da época, quando o americanismo era ainda terreno pouco explorado, ao contrário do africanismo, “vocação” em voga no momento.  Leia aqui