Jorge Antunes | Música Eletroacústica

Nasceu no Rio de Janeiro onde realizou sua formação musical tradicional na Escola de Música da Universidade do Brasil (atual UFRJ). Em 1962 começou a se interessar pela música eletrônica, ao mesmo tempo em que ingressava no curso de Física da Faculdade Nacional de Filosofia (FNFi). Depois de

construir vários equipamentos eletrônicos, Antunes fundou o Estúdio de Pesquisas Cromo-Musicais, compondo suas primeiras obras de música eletrônica.

Em 1965 deu início a pesquisas no domínio da correspondência entre os sons e as cores e compôe uma série de trabalhos a que dá o nome de CROMOPLASTOFONIAS, para orquestras, fitas magnéticas, luzes, usandotambém os sentidos do olfato, paladar e do tato. Em 1967 organizou o Centro de Pesquisas Musicais do Instituto Villa Lobos do Rio de Janeiro para onde transferiu seu laboratório. Em 1969 ganhou uma bolsa de pós-graduação em composição no Instituto Torcuato Di Tella de Buenos Aires.

Em 1970 ele continuou suas pesquisas no Instituto de Sonologia da Universidade de Utrecht com bolsa do governo holandês. Em 1971/73 ganhou bolsa do governo francês para um curso de aperfeiçoamento no Groupe de Recherches Musicales de l’ORTF, onde atuou como compositor estagiário sob a orientação de Pierre Schaeffer, Guy Reibel e François Bayle. No mesmo período iniciou Doutorado em Estética Musical na Sorbonne, tendo Daniel Charles como orientador. Desde 1973 Antunes é professor da Universidade de Brasília onde é professor titular desde 1988. Recentemente foi premiado pela RioArte com uma bolsa-encomenda para composição de um “vox-ballet” instrumental e eletroacústico.

* contato: antunes@unb.br

– – – – – – – – – – – –

No blog do músico Paulo Beto, conhecido como PB, tem um post muito interessante com direito até a entrevista:  Jorge Antunes – Música Eletrônica – Brasil – 1975

Valsa Sideral, abaixo:

Não dá para ver muita coisa, mas dá para escutar.

Anúncios

Comentários desativados.

%d blogueiros gostam disto: