As Relações Culturais e Musicais Entre a França e o Brasil

Falando do que une a França e o Brasil, lembraria primeiramente que se trata de uma relação profunda e antiga entre os nossos dois países, caracterizada pela amplitude e grande diversidade. Se, após 1503, quando o navio L’Espoir atracou no Oiapoque, a expedição conduzida por Villegagnon – espécie de Mayflower francês – alimentou o sonho de uma França Antártica, foi a missão de 1816 que constituiu, de fato, o primeiro ato de nascimento da cooperação cultural entre a França e o Brasil, dando origem à Academia Brasileira.

A influência francesa no Brasil foi contínua e permeada por grandes nomes em todos os domínios. Na literatura, Victor Hugo, Benjamin Constant, Auguste Compte e Anatole France deixaram uma marca durável, sem esquecer André Gide, cujas obras estão sendo reeditadas no Brasil. Em seguida, veio o trio Camus, Sartre e Aron e, mais recentemente, o estruturalismo (Lévi-Strauss, Barthes, Foucauld) e os intelectuais da diferença (Deleuze, Derrida, Lyotard). No século XX a infl uência do cinema francês (a “nouvelle vague”), da arquitetura (sobretudo Le Corbusier) e da música popular (Henri Salvador, Aznavour, Trenet) e clássica (Darius Milhaud) indicou que o rio não secou.

Leia mais.

Anúncios

1 comentário (+adicionar seu?)

  1. robertarow
    maio 13, 2010 @ 15:12:04

    muito bom o blog, curti de vdd
    já foi pro reader do google ^^

    bjos,
    robertarow
    http://www.redglamour.wordpress.com

%d blogueiros gostam disto: