Influência francesa no patrimônio cultural e construção da identidade brasileira: o caso de Pelotas

Na cidade de Pelotas, localizada no extremo sul do Brasil, a influência européia, principalmente a francesa, também foi bastante grande. Com freqüência, se faz referência a este fato na bibliografia histórica do Rio Grande do Sul. “É regra geral caracterizá-la através de conceitos como riqueza, opulência, refinamento, elegância, cultura e até aristocracia. A razão para isso é atribuída ao desenvolvimento nos seus arredores, da indústria do charque, durante o longo período que vai de 1779 aos primeiros decênios do século XX. As charqueadas, fazendo fortunas, condicionaram o florescimento de práticas e valores sócio-culturais que podem ser rotulados

reservatório de ferro importado da França

simplificadamente como de urbanidade e intelectualidade”. Veja mais

Anúncios

Comentários desativados.

%d blogueiros gostam disto: